domingo, 17 de fevereiro de 2019

Leitura 4/2019 - A Revolução da Mulher das Pevides

LEITURA 4/2019 - A REVOLUÇÃO DA MULHER DAS PEVIDES




Trouxe este livro na minha primeira utilização do Cartão das Bibliotecas de Lisboa. Mais uma vez foi uma escolha aleatória, mas apetecia-me um livro menos romântico.

A Revolução da Mulher das Pevides é um romance histórico em Portugal durante a invasão francesa. Também descreve momentos em Espanha.

Este género de livros ajuda a conhecermos melhor a história do nosso país. Por ser um livro muito descritivo, demoro mais tempo a ler para conseguir compreender a sequência de acontecimento. A maior parte das personagens são reais mas existe algumas imaginárias.

Eu gostei do livro mas houve certas partes que achei demasiado fortes. Como estou habituada a ler, a minha mente consegue criar imagens e há muitas mortes macabras no final do livro, assim como violações. Maria dos Anjos é a personagem que fica na mente.

Em suma, gostei do livro mas achei que tinha partes fortes que me fizeram ficar um bocado mal disposta por saber que infelizmente ocorreram mesmo

Autor: Isabel Ricardo

Editor:
Saída de Emergência

Avaliação:
✰✰✰


Nº de páginas: 544


Tempo de leitura: 3 semanas

Acompanhem o
Facebook e o Instagram.
Boas leituras,

Guerra dos Livros

domingo, 3 de fevereiro de 2019

Balanço Janeiro

BALANÇO JANEIRO

Consegui ler três livros no primeiro mês do ano.

Acho que foi um bom número para chegar aos 50 livros em 2019. Foram 3 romances.

Comecei com Divina da autora P. C. Cast. É uma autora que costumo ler e que coloca muita mitologia nos seus livros.

Depois li Deixo-te Para Não Te Perder sobre um casal que decide se separar por um ano de forma a tentar salvar o seu casamento.

Por último, li o livro eu veio para a minha estante este mês, Um Casamento Conveniente. É um romance de época com inspiração na história da Bela e do Monstro. 

Em Janeiro comecei a ouvir o meu primeiro AudioBook e fiz o cartão das bibliotecas de Lisboa.

Para Fevereiro quero acabar o romance histórico que fui buscar à biblioteca.








Acompanhem o Facebook e o Instagram.
Boas leituras,

Guerra dos Livros

segunda-feira, 28 de janeiro de 2019

Leitura 3/2019 - Um Casamento Conveniente

LEITURA 3/2019 - UM CASAMENTO CONVENIENTE




Janeiro tem sido para mim um mês de romances. Depois de um romance fantástico, outro real, decidi ler um romance fofinho.

Um Casamento Conveniente foi escrito por Tessa Dare, vencedora do Prémio RITA para Melhor Romance Histórico. Este tipo de livros tem sempre algo que podemos aprender sobre os costumes da época. Neste livro, aprendemos um pouco sobre a evolução do badminton. Também no fim do livro a autora deixa algumas notas sobre o tema. 

Um Casamento Conveniente parece ter sido inspirado na história da Bela e do Monstro. Ash é um conde ferido na guerra, metade do corpo e da cara foi queimado numa explosão. Para sobreviver ele tem de fazer muito exercício para repuxar a pele. Abandonado e desprezado pela noiva, ele tem de se casar para continuar a linhagem do seu nome. O humor dele é negro e todos na casa acabam por o temer.

Certo dia, Emma, uma pobre costureira, pede-lhe o dinheiro do vestido de casamento da antiga noiva. Nesse momento ele vê a oportunidade ideal. Acabam por se casar sobre certas regras.

Primeira: ter um herdeiro.

Segunda: Depois de ela engravidar terá a sua própria casa.

Mas Emma não consegue de deixar de sentir compaixão por ele, passando por isso a tentar o conhecer.

O que mais gostei foi da tentativa dos empregados de tentarem com que eles se apaixonem. Até os trancarem na casa fazem.

Autor: Tessa Dare

Editor:
Topseller

Avaliação:
✰✰✰


Nº de páginas: 320


Tempo de leitura: 3 dias

Acompanhem o
Facebook e o Instagram.
Boas leituras,

Guerra dos Livros

domingo, 27 de janeiro de 2019

Leitura 2/2019 - Deixo-te Para Não Te Perder

LEITURA 2/2019 - DEIXO-TE PARA NÃO TE PERDER




Deixo-te Para Não Te Perder foi uma excelente leitura. Depois de um romance mitológico, um romance bem real

Lauren e Ryan estão juntos à 11 anos e casaram logo depois de terminarem a faculdade. Agora, com quase 30, já não se podem ver. Tudo os irrita. Decidem separar-se durante um ano para tentarem perceber se realmente querem continuar casados. 

O livro apresenta primeiro como eles se conheceram e depois acompanha-os pelo ano em que se decidem estar separados. A história é mais vista pelo ponto de Lauren mas ela apercebe-se que Ryan escreve-lhe emails (que não chega a enviar) e assim podemos saber como ele lida com a separação.

É um livro sobre amor. O amor real. Eles apesar de se amarem, quando chegam a casa não conseguem sequer discutir ao escolher um restaurante para pedirem comida. O que mais gostei foi o facto de eles sentirem falta um do outro. Falta real. Falta das pequenas coisas que só damos valor quando não as temos.

Fala também da perspetiva que os outros têm de nós. Por exemplo, ao ter de contar que está separada, Lauren pensa que vai desiludir os outros, e a primeira pessoa a quem ela conta é a irmã que é solteira.

Outro dos temas abordados é da pressão de engravidar. É comentado que a separação não teria ocorrido se ela já tivesse tido um bebé. Quase como se fosse a solução para tudo.

Um livro bastante emocionante que nos faz dar mais valor a quem temos ao nosso lado e a ver a vida com outros olhos. É quase um livro de auto-ajuda.


Autor: Taylor Jenkins Reid

Editor:
Editorial Presença


Avaliação:
✰✰✰


Nº de páginas: 336


Tempo de leitura: 3 dias

Acompanhem o
Facebook e o Instagram.
Boas leituras,

Guerra dos Livros

Leitura 1/2019 - Divina

LEITURA 1/2019 - DIVINA



Já tinha lido a Saga da Noite, Divina por Engano e Divina por Escolha da autora e Divina segui o mesmo rumo mitológico dos restantes livros.

Trouxe este livro da biblioteca a pensar que seria um livro pertencente a Divina por Engano, mas apesar de ser noutra dimensão, a história não pertence ao mesmo universo das personagens.

Mikki é a personagem principal em Divina. Uma mulher dos tempos atuais, bem sucedida a nível Professional mas infeliz com a sua vida amorosa. Ela esconde um segredo que lhe foi passado pelas mulheres da sua família, ela tem o poder de curar as rosas com o seu sangue. Certo dia o seu sangue desperta uma estátua no parque que a leva para o Mundo das Rosas, um reino encantado que serve a Deusa Hécate. Nesse reino o trabalho de Mikki é cuidar das rosas que ficaram doentes. A estátua do parque afinal era o guardião desse reino que foi castigado pela Deusa.

Ao longo do livro não sabemos o que aconteceu para ele ser condenado mas que todas as mulheres o desprezam pelo seu aspeto. Mikki está determinada a ser amiga do Guardião. Os livros da P. C. Cast são compostos por uma magia muito particular que faz acreditar nestes mundos paralelos e singulares.

Autor: P. C. Cast

Editor:
Edições ASA


Avaliação:
✰✰✰✰


Nº de páginas: 384


Tempo de leitura: 3 dias

Acompanhem o
Facebook e o Instagram.
Boas leituras,

Guerra dos Livros

sábado, 19 de janeiro de 2019

Leitura 44/2018 - Até Te Conhecer

LEITURA 44/2018 - ATÉ TE CONHECER



Depois de ler Paraíso da mesma autora, recebi no Natal Até te Conhecer. Paraíso foi uma leitura bastante boa a surpreendente, por causa disso, Até te conhecer ficou aquém das minhas expectativas.

Apesar disso, sendo honesta, é um bom romance.

A história começa quando Stephen atropela acidentalmente Lorde Buleton. Devido a este acidente, o Lorde acaba por morrer, Stefan, com peso na consciência decide assumir as responsabilidades e informar a futura esposa do Lorde que irá chegar num navio vindo da América. Aquando da chegada, Sheridan tem a responsabilidade de informar o Lorde Buleton que a sua prometida Charise fugiu com outro. Sheridan acaba por ter uma acidente e perder a memória sendo que o médico aconselha Stephen a passar-se por seu noivo. 

Uma leitura cheia de enredos e mistérios. A parte que mais gostei  e que penso que seja  que mais me faz gostar desta autora, é a capacidade de sentir as emoções das personagens. Quando Sheridan acaba por fugir, ele fica à espera sempre acreditando nela. 

Autor: Judith McNaught

Editor:
Edições ASA


Avaliação:
✰✰✰✰


Nº de páginas: 456


Tempo de leitura: 3 dias

Acompanhem o
Facebook e o Instagram.
Boas leituras,
AS

Leitura 43/2018 - Ser Feliz Todos os Dias

LEITURA 43/2018 - SER FELIZ TODOS OS DIAS





Não considerei
Ser Feliz Todos os Dias como um simples livro de autoajuda. Acho que é um livro de desabafos e de tentar, todos os dias, sermos melhores. Existe dias em que é difícil e uma nuvem cinzenta faz questão de nos acompanhar ao longo do dia e de se aninhar durante a noite.


Gostei de haver um pensamento e avaliação pessoal ao fim de cada capítulo. Gostei da mensagem de agradecer as pequenas coisas e criar uma rotina de pensamento positivo durante uns 10 minutos.

Revi-me em algumas situação e menos noutras. Considero-me uma pessoa mais otimista do que a autora mas também já sofri por querer a aceitação dos outros.

Uma leitura leve e que nos deixa com o coração mais leve.



Autor: Catarina Beato

Editor:
Matéria-Prima Edições


Avaliação:
✰✰✰


Nº de páginas: 184


Tempo de leitura: 3 dias

Acompanhem o
Facebook e o Instagram.
Boas leituras,
AS