terça-feira, 3 de novembro de 2015

Leitura 1/2015 - Casado até quarta

Leitura 1/2015 - Casado até Quarta


  • Autor: Catherine Bybee
  • Editor: Bertrand Editora
  • Avaliação: 
  • Música que pensei ao ler:  
  • Crazy in love - Beyonce - Desde as 50 sombras que esta musica não me sai da cabeça 
  • Frase: "- Preciso de arranjar uma mulher, Carter, e é para ontem." Primeira frase do livro que exemplifica bem o tema do livro
  • Personagem preferida : Samantha
  • Nº de páginas : 264
  • Tempo de leitura: 3 dias 
  • Nota: Com este livro acabei a minha meta no goodreads de ler 50 livros este ano
  • Sinopse: Blake Harrison: Rico, de boas famílias, encantador… e a precisar de uma mulher que se case com ele até quarta-feira. Blake pede ajuda a Sam, que afinal não é o homem de negócios que ele pensava. Pelo contrário, Blake depara com Samantha Elliot, uma mulher linda e arrojada com uma voz de fazer perder a cabeça. Samantha Elliot: Dona de uma agência matrimonial, ela própria não está disponível para o casamento… quer dizer, até Blake lhe oferecer dez milhões de dólares por um contrato de um ano. Não há nada de indecente na proposta dele e, além disso, o dinheiro vai ajudar imenso nas contas do médico da família de Sam. A única coisa que ela tem de fazer é guardar para si a atração que sente pelo marido e evitar a cama dele. Porém, é difícil resistir aos beijos ardentes de Blake e ao seu charme sensual são demasiado difíceis de resistir. O contrato de casamento previa tudo e mais alguma coisa… menos que se apaixonassem.
  • Opinião: Este livro foi-me emprestado pela Susana e foi comprado na feira do livro deste ano. É um bom romance, não excepcional, mas bem escrito. A história desenrola na base do cliché. Blake precisa de se casar para receber a herança do pai. É aí que entra Samantha, dona de uma agência de casamentos. Apesar do tema não ser original, o desenrolar da relação dos protagonistas não é maçador, mas um pouco previsível. Um bom romance para ler a ouvir a chuva e a comer castanhas. 
    Acompanhem o Facebook.
    Boas leituras 
    AS

    Sem comentários:

    Enviar um comentário